Programação Normal
Programação Normal
Governo de MG começa 2019 com dívida de mais de R$ 57 milhões com municípios da AMVER

Desde julho deste ano, os municípios mineiros estão falando em estado de emergência, uma vez que o Governo de Minas Gerais não tem repassado os recursos que são constitucionais, destinados aos setores de educação, saúde e assistência social.

Segundo as últimas informações divulgadas pela AMVER – Associação dos Municípios da Microrregião do Campo das Vertentes, a dívida com o Fundeb dos 18 municípios filiados à associação está estimada em cerca de 20 milhões de reais. Somados aos demais repasses em atraso referente ao Programa de Transporte Escolar, Programa de Saúde e da Assistência Social, o valor devido aos municípios supera 58 milhões e 700 mil reais.

O presidente da AMVER, Aurélio Suenes de Resende, comenta sobre a situação: “Esses recursos começaram a ser retidos já em 2017, e em 2018 foi intensificado. Tivemos a retenção do ICMS, IPVA e da verba para o transporte escolar, além da assistência social e o agravante do Fundeb”.

Em última reunião da associação, os representantes dos municípios tomaram algumas medidas em relação ao atraso. Como por exemplo, só iniciar o ano letivo após a regularização do Fundeb, o fundo que garante o pagamento dos professores, orientadores, compra de material didático, além da contratação de transporte escolar terceirizado.

Segunda tabela divulgada pela AMVER, a dívida do estado com São João del-Rei chega a vinte e cinco milhões de reais - a maior dos municípios. Em Tiradentes, o valor chega a dois milhões e duzentos mil reais, já em Santa Cruz de Minas, o montante é de um milhão e quatrocentos mil reais.

Foto: Reprodução/ AMVER

NO AR | 96,9 FM
NO AR | 92,7 FM