Madrugada & CIA
Programação Normal
Corte nas instituições públicas de ensino superior vão impactar economia local

O Ministério da Educação anunciou no último dia 30 que as instituições públicas de ensino terão cerca de 30% das verbas bloqueadas no segundo semestre de 2019.

De acordo com um dos pronunciamentos feito pelo secretário de Educação Superior do MEC, Arnaldo Barbosa de Lima Júnior, o bloqueio foi feito de forma preventiva, devido ao cenário econômico do Brasil.

São João del-Rei possuí duas instituições públicas de ensino superior. A Universidade Federal de São João del-Rei e o Campus do Instituto Federal Sudeste de Minas Gerais. De acordo com a UFSJ, o corte na instituição será de 32% do orçamento, o que equivale a dezessete milhões e quatrocentos mil reais. Já segundo informações do IFSJDR, o corte do campus será de 36,6%.

O presidente do Sindicato do Comércio, Wainer Haddad, disse que esses cortes vão afetar diretamente na economia de São João del-Rei: “Pra São João del-Rei é de grande impacto, porque é um dinheiro que seria girado no comércio da cidade”. Wainer apontou que a solução seria que as instituições não interrompessem as atividades.

No entanto, o reitor da UFSJ, Sérgio da Gama Cerqueira, disse que a instituição não conseguirá manter as atividades após o mês de setembro. Já o IFSJDR ainda não tem uma posição definida sobre até quando vai conseguir manter suas atividades acadêmicas.

Foto: Reprodução/ VAN UFSJ

NO AR | 96,9 FM
NO AR | 92,7 FM