Light Music
Dias Melhores
07/06/19 - Hortifrútis: a concorrência entre produtores locais e centrais de abastecimento

Dona Maria segue, de segunda à segunda, vendendo os seus produtos na Feira do Mercado Municipal. E são alimentos produzidos na cidade. Há 30 anos, Maria da Paixão possui sua banca no mercado, com produtos dos agricultores de São João del-Rei. “Desde pequena eu vinha com a minha mãe, mas eu venho há trinta anos por minha conta. Vendo [os produtos] do Felizardo, da Colônia do Giarola”.

Para Erica, cliente do mercado, saber quem produz é um dos motivos de ser freguesas das bancas. “Os produtos são melhores, são fresquinhos e com o preço melhor. Quando a gente vê os produtores na Colônia, é bom dar a preferência pra cá”. Sobre os valores, avaliados por Erica como bons, Dona Maria esclarece que muitas das vezes, os vendedores locais não conseguem cobrir a oferta dos grandes supermercados. “O supermercado grande pode fazer a promoção, já nós não conseguimos”.

O responsável pelo hortifrúti de um supermercado, situado na Avenida Leite de Castro, Robério Júnior explica que a maioria dos produtos vendidos no estabelecimento são transportados de Contagem por questões de logística. “Queremos concentrar tudo em Contagem e por causa da logística, a gente não compra aqui na região”.

De acordo com Robério, apenas aqueles produtos que possuem uma durabilidade menor são comprados dos produtores locais, como as folhagens. Em relação aos valores, Robério diz que depende da empresa fornecedora para então repassar aos clientes.

Ainda de acordo com Dona Maria, mesmo concorrendo com os supermercados que compram na sua maioria pelas centrais de abastecimento, os fregueses de muito anos são os que mantém o local aberto: “Temos menos procura hoje, porque é muita concorrência. Mas graças a Deus, temos uma freguesia boa”.

Foto: Vanuza Resende/ Rádio Emboabas

NO AR | 96,9 FM
NO AR | 92,7 FM