Light Music
Noticiário Estadual
11/09/19 - Secretário de Saúde esclarece marcação de exames

Depois de uma consulta médica, é comum que o paciente realize alguns exames para verificar as condições de saúde. Os exames podem ser de rotina, como os de sangue ou urina, mas também podem ser mais complexos, como um ultrassom.

Quando as consultas são feitas nas Unidades Básicas de Saúde do Município, os exames devem ser autorizados na própria UBS ou na Secretaria de Saúde, dependendo da complexidade. Isso é o que explica o Secretário de Saúde José Marcos Ferreira. “O paciente vai na unidade de saúde de sua origem, do seu bairro. Se for exame de sangue, o pedido fica na unidade de origem e pelas cotas de lá, ele será autorizado”, disse.

Mas existe uma cota de número de exames que podem ser feitos por cada UBS. Caso o número já tenha sido atingido, o exame fica na fila esperando o próximo mês. No caso dos tratamentos fora do município, também existe um número determinado de procedimentos que cada cidade pode fazer uso. E a demanda também é muito grande, o que causa a demora. “Se a demanda for maior, é preciso esperar chegar mais cotas para o procedimento ser liberado. Como a gente tem a demanda muito grande, alguns exames têm maior tempo de espera”, relata o secretário.

A expectativa da Secretaria de Saúde é que, com a reabertura do Laboratório Municipal, o prazo para os exames básicos seja mais curto. “No primeiro momento, queremos atender a demanda represada. A intenção é pôr os exames básicos em dia”, disse.

O processo licitatório para o Laboratório Municipal já está sendo realizado. Após essa etapa, dentro de 90 dias o espaço deve começar a funcionar.

Foto: Reprodução/ Google Maps

NO AR | 96,9 FM
NO AR | 92,7 FM